5 SINAIS DE QUE SEU CABELO ESTÁ RESSECADO!

As madeixas estão sempre precisando de atenção, ao descuidar delas, uma das consequências é o ressecamento dos fios, nesse post vou lhe dizer 5 sinais de que o seu cabelo está ressecado, como tratar e algumas dicas de cuidados.

 

Atente-se aos sinais:

  1. Cabelos ressecados geralmente ficam sem brilho e com pontas duplas;
  2. Os fios embaraçam com muita facilidade e necessitam de hidratação;
  3. Os fios ficam mais frágeis e quebram facilmente;
  4. Os cabelos ficam com excesso de frizz;
  5. Os fios demoram para absorver água.

Quanto mais cedo percebê-los, mais rápido poderá recuperar os fios e deixá-los macios e sedosos.

COMO RECUPERAR UM CABELO RESSECADO

Dependendo de como está os fios, não é difícil recuperar um cabelo ressecado.

Com bons tratamentos e ótimos produtos, é possível restaurá-los e mantê-los saudáveis.

ACOMPANHE AS DICAS:

MANTENHA UMA ROTINA DE CUIDADOS

É extremamente importante hidratar os cabelos com uma boa máscara de hidratação pelo menos uma vez por semana.

O produto deve ser rico em nutrientes, ativos hidratantes, óleos vegetais, glicerina e queratina.

Esses componentes garantem força, resistência e elasticidade à fibra capilar.

USE PRODUTOS COM PROTEÇÃO UV

Como citamos, os agentes naturais – sobretudo a exposição solar – deixam os cabelos mais suscetíveis a danos e, principalmente, pode ressecar o cabelo severamente.

Há diversos produtos disponíveis, como óleos, cremes e sprays, que possuem proteção UV em sua fórmula.

Eles protegem e ainda aumentam o brilho dos fios.

VISITE O SALÃO REGULARMENTE

É essencial realizar um corte simples nos cabelos a cada 3 meses, mesmo usando produtos de alta qualidade.

Isso ajuda a retirar as pontas duplas e eliminar as partes mais afetadas pelo ressecamento.

Lembre-se de que os cabelos quimicamente tratados precisam ser cortados a cada 2 meses.

Vale ressaltar a necessidade de higienizar os fios com um bom shampoo antes de fazer a hidratação.

Com esse processo, os fios absorvem melhor a água e os nutrientes perdidos na fibra capilar.

Achou interessante?

Ajude o blog a crescer curtindo, comentando e compartilhando esse post!

Tem sugestão de algum assunto que podemos trazer para o blog? Conta pra gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *